Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

engitech@oceanthemes.net

+1 -800-456-478-23

Cloud Multicloud Segurança

As armadilhas do gerenciamento de rede multicloud

Devido aos benefícios de maior flexibilidade e resiliência, as empresas estão cada vez mais adotando redes multicloud. No entanto, migrar e gerenciar uma rede de múltiplas nuvens pode ser um processo contínuo e desafiador.

Gerenciar uma plataforma multicloud é ainda mais complicado pelo número crescente de fornecedores disponíveis, mas isso também cria oportunidades. Por exemplo, a arquitetura de rede multicloud é ideal para organizações que possuem usuários distribuídos geograficamente, alguns dos quais podem não estar localizados perto de um data center.

As empresas podem ficar facilmente sobrecarregadas com o processo de migração para a nuvem e se sentirem tentadas a seguir em frente sem considerar os desafios que podem surgir. Na prática, devem ser feitas considerações sobre quais fornecedores são mais adequados e como essas plataformas podem ser otimizadas para desempenho.

De fato, quanto mais plataformas sua empresa tiver, maior será a diversidade na arquitetura multicloud, o que, por sua vez, gera maiores desafios no nível de gerenciamento.

Nem todas as plataformas de nuvem são iguais

Em seu nível mais básico, todos os provedores de nuvem fornecem essencialmente um tipo de serviço semelhante, mas cada fornecedor é um pouco diferente. A dificuldade de decisão sobre a escolha é agravada por plataformas que geralmente operam sem conhecimento das atividades uns dos outros.

Assim, mudanças nos serviços podem ocorrer sem avaliar o impacto que isso terá sobre os clientes que combinam serviços em nuvem. Para combater isso, as empresas devem estar cientes não apenas dos procedimentos operacionais atuais de seus vários fornecedores de serviços de nuvem, mas também de como eles provavelmente mudarão no futuro.

Antes de investir tempo e dinheiro em direção à nuvem, as organizações precisam fazer uma pausa para considerar suas necessidades tecnológicas e o que pretendem alcançar. Como parte do planejamento, por exemplo, todos os caminhos da rede devem ser mapeados, identificando onde a nuvem precisa se encaixar na arquitetura.

Paralelamente, as equipes de TI devem identificar quais aplicativos são mais adequados para a implementação nativa da nuvem e combiná-los com os serviços que oferecem seus pontos fortes.

O risco associado ao fornecedor

Deixar de ficar preso a um único fornecedor é uma das principais vantagens das redes multicloud, oferecendo maior resiliência e flexibilidade ao negócio. Esse benefício vem na forma de ser capaz de alinhar cada serviço com a plataforma ideal.

No entanto, estar limitado a um único fornecedor pode acontecer inadvertidamente, a menos que as organizações tomem medidas para garantir que os dados que geram permaneçam em um formato padrão, em vez de serem dedicados a um aplicativo ou plataforma específica.

Pode ser fácil supor que a arquitetura de nuvem híbrida é apenas outra forma de multicloud. Mas, embora compartilhem algumas características, na verdade, são diferentes. Ao contrário da multicloud, a nuvem híbrida é uma combinação de uma nuvem pública e uma privada.

A arquitetura multicloud não se restringe a um único fornecedor. A infraestrutura tecnológica utilizada pela organização conta com mais de um provedor, permitindo balancear recursos de TI entre nuvens diferentes. Enquanto isso, na nuvem híbrida, a estrutura está em parte sendo executada no data center local (cloud privada) e parcialmente na nuvem pública

Apesar dos benefícios, as redes multicloud não tornam as coisas mais fáceis

Apesar das muitas vantagens de operar na nuvem, as redes multicloud apresentam seus próprios desafios.

Gerenciar um ambiente de nuvem é tão complicado quanto gerenciar uma rede corporativa. Adicionar vários fornecedores de nuvem torna isso ainda mais desafiador, além de aumentar o custo e os recursos de gerenciamento.

A diversidade que um cliente tem em plataformas de nuvem é diretamente proporcional à quantidade de carga de gerenciamento do fornecedor sobre a TI. Para gerenciar o tempo dos funcionários com mais eficácia, as empresas precisam automatizar tarefas de baixo nível para permitir que suas equipes de TI se concentrem nas tarefas mais críticas.

As redes multicloud são complexas e consomem recursos, mas as vantagens que trazem, como maior resiliência e obtenção de vários benefícios específicos do fornecedor, podem superar, em muito, seus custos. No entanto, para aproveitar ao máximo seus benefícios, as organizações devem tomar cuidado para evitar possíveis armadilhas em sua migração e gerenciamento.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *